HOME / COM a Gente / Estudo das Células / Pastora Alda Célia fala sobre a geração de favorecidas no 1º dia do Congresso de Mulheres 2016

Pastora Alda Célia fala sobre a geração de favorecidas no 1º dia do Congresso de Mulheres 2016

Enfim, o grande dia chegou! O Congresso de Mulheres 2016 começou animado na noite da última quinta-feira (15/09), com o louvorzão das servas de Deus. Uma das músicas mais marcantes foi “Em ti valente sou”, a qual encoraja as mulheres a continuarem lutando e confiando nas promessas do Senhor.

Dando continuidade a noite, o backstage anunciou a performance do grupo de teatro da Primeira Igreja Batista do Brasil, o ‘ComArtes’. Através de um figurino e maquiagem que representaram a terra seca, as meninas dançaram lindamente e no meio da coreografia suas bacias foram cheias de água, e assim elas começaram a lavar-se, quebrando toda sequidão. A apresentação representou o foco do Congresso das Mulheres deste ano: Florescer e acabar com a seca em todas as áreas da nossas vidas.

Na sequencia, a pastora Alda Célia começou a ministração com louvores de adoração a Deus, entre eles, canções consagradas como “Óleo de alegria” e ” Eu creio no poder da oração”.

A palavra da noite foi sobre a unção de Deus alcançando e unindo gerações para que a glória do Senhor se manifeste.

(Lucas 1:28-38).

Para iniciar a pregação, a preletora falou sobre o poder das palavras para determinar o nosso futuro. Devemos ter cuidado com o falar. “Eis-me aqui Senhor, se cumpra em mim conforme a tua palavra”. Maria ouviu a voz de Deus e se deixou ser usada ao falar: “Eis-me aqui”, a partir dessa atitude, seu futuro foi estabelecido. Assim como Maria, a sua voz carrega a unção do Espírito de Deus. Por isso, não podemos dá voz a vergonha. “A vergonha fala que não somos ninguém e que não somos capazes. Baal é o Deus da vergonha e toda vez que você ouve a voz da vergonha ao invés de ouvir a voz de Deus, você está se curvando a voz da vergonha e Baal está sendo Deus ao invés do Senhor na sua vida”, explicou.

A Pra. Alda Célia continuou o momento alertando sobre a necessidade de se levantar, a geração mais nova honrando a geração mais velha, e a geração mais velha abençoando a mais nova e colocando essa nova geração no caminho do Senhor. No texto de Lucas, duas mulheres de duas gerações, através de seus ventres foram usadas para trazer avivamento, depois de um período de 400 anos sem profecias.

Somos mulheres amadas, escolhidas de Deus e daqui por diante todas as gerações te chamarão favorecida! Agraciada, Bem-aventurada.