HOME / COM a Gente / Estudo dos Discipulados / Atitudes para Desenvolver a Liderança

Um Líder, uma Pessoa Aberta ao Tratamento

CASA  DE  ORAÇÃO  MUNDIAL “2012: Ano da Paixão por Deus e da Entrega Absoluta” Discipulado Tema: Um Líder, uma Pessoa Aberta ao Tratamento. Texto: Mt. 16:24-25. INTRODUÇÃO Precisamos avaliar como está a nossa vida no quesito discipulado. Precisamos descobrir se estamos ou não abertos ao tratamento do discipulado. Muito mais importante do que ser impactado com a Visão Celular é dizer que nós somos discípulos de alguém, e a mudança que o impacto tem causado em nós, e mostrar também o que o discipulado nos tem proporcionado no nível de ensinamento. Costumamos na maioria das vezes sermos muito precipitados em julgar as pessoas no seu comportamento em determinada situações, mas esquecemo-nos de que muitas vezes o nosso comportamento também pode causar impacto negativo em outros, quando não nos deixamos ser tratados. 1ª PONTO – Olhando para nós mesmos. O Ser Humano tem a tendência de ver mais os erros dos outros do que seus e mais os seus próprios acertos do que os dos outros, mesmo que haja mais acertos e apenas um erro. Devemos aprender a tirar os olhos dos defeitos dos outros e passar a observar as virtudes. Infelizmente, na igreja, existem muitos que só gostam de ver os defeitos, por isso, nunca conseguem ver as flores que o outro pode colher. Deus quer nos ensinar, através do discipulado, que precisamos estar abertos ao tratamento. Só ganhamos quando nos abrimos a receber o que o Senhor tem para nós. O Discipulado muda a nossa vida quando estamos abertos a ele, ao ensinamento do líder. Faz-nos acreditar que é possível mudar e crer que as pessoas, se quiserem, também podem mudar. O Ser Humano é mutável, muito o Senhor já vez em nós, mas isso não é tudo, muito mais ainda tem para realizar em nossas vidas e através de nossas vidas na vida dos outros. Quando formos alcançados pela graça de Deus, sofremos transformações, não éramos criaturas boazinhas, como talvez pensássemos ser. Mudamos porque Deus fez uma grande obra em nossa vida. Ao adotarmos a visão celular fomos criticados por uns, amados por outros. Porém, o que importa hoje é que precisamos continuar avançando com as ferramentas que a visão nos oferece, como o discipulado e, acima de tudo, ser fiel a Jesus e aos comandos que estão em sua palavra. E, onde houver barreiras, busque mudanças, pois o fato de um homem mudar seu pensamento porque recebeu entendimento sobre algo não faz dela uma pessoa vulnerável. Significa que é inteligente. 2º PONTO – O impacto de uma mudança. Uma característica da Visão é sermos alcançados em mudanças. Precisamos avaliar como está nossa vida, porque muito mais importante do que ser impactados com a Visão, é a mudança que o impacto causa em nós. Alguns ficam no impacto e não avançam, não dão resultados. Deus não quer apenas melhorar as pessoas. Ele quer muda-las completamente. Uma igreja sarada reconhece que sempre está precisando de uma mudança radical, que precisa mais de Deus. Só haverá mudança no ambiente geográfico onde eu estou se eu decidi por essa mudança. Temos ensinado que as pessoas mudam para melhor ou para pior. Então qual foi o nível de sua mudança? Muitos líderes exigem de seus discípulos mudanças que nem eles tiveram. Não podemos exigir das pessoas o que não somos. Não exija de seu discípulo o que você não alcançou, pois você será testado exatamente naquilo que você diz ser forte. Quem é discípulo sabe se você só mudou de ambiente, de nomenclatura de visão, ou se mudou de vida. O líder decide o ambiente geográfico onde vive, e as pessoas precisam ver que mudamos. Quando o líder decide ser um paradigma diferente, a realidade dos discípulos fica distinta da realidade que viveram no passado. 3º PONTO – Um líder inovador. As pessoas precisam de um líder com um discurso inovador, restaurador, que as tire do abismo e as traga para cima. Nós somos essas pessoas, somos a liderança que Deus usará nesses últimos anos para mudar radicalmente a história de onde vivemos. Se o líder não mudar a mentalidade do povo, acaba sendo guiado por ele. Você deve ser a referência para levar o povo a Deus. Você deve ser diferente e fazer diferença. É uma questão de decisão. Só faz diferença que é diferente. O tratamento no discipulado nos ensina que temos de mudar para melhor, mas os que não se deixam ser tratados mudam para pior. Quando você estiver com os discípulos, nas células ou com os 12, eles devem perceber o quanto você tem mudado para melhor. Impacto ou mudanças? Deus quer promover mudanças em sua vida, família, células, equipes de 12. Ele quer que você seja um líder aberto a tratamento e ensina os seus discípulos a serem tratáveis, para que todos vejam e percebam que você não foi impactado, mas houve mudança em sua vida. Peça a Deus para formar sua personalidade e seu caráter. Ele quer moldar suas características dentro de cada um de seus filhos. Devemos perceber que ao nosso redor existem flores, existem pessoas que, como nós buscam ser diferentes e fazem a diferença nesse mundo que jaz do maligno. Nosso olhar, atitude, sentimento e essência devem estar numa só direção. O centro da vontade de Deus, pois Ele quer nos ensinar o seu caminho para andarmos na verdade (Sl. 86:10). Assim, todos os dias, Deus nos levará a experimentar o novo. Ninguém ficará o mesmo. Seremos levados a dimensões ainda maiores. As pessoas nos avaliam pelo passado, mas Deus nos avalia pelo que somos e pelo que seremos. Ele sabe que se o buscarmos de todo o coração seremos uma benção, superaremos e ficaremos boquiabertos com o que Ele fará em nos. Sua vida será chamada novidade de vida e de dias. Você andará nas novidades de Deus. Há líderes que perdem a unção porque se fecham, ficam ensimesmados, achando que já são autossuficientes. Não permita que isso aconteça com você. Saiba que ovelhas e discípulos percebem as mudanças na vida do líder, sejam elas boas ou más. Isso porque são sensíveis e sabem quando o líder está cheio do Espírito Santo ou não. Não deixe cair o nível da unção de Deus em sua vida. São as nossas atitudes que preservam ou nos fazem perder a unção. CONCLUSÃO Seja um líder-discípulo aberto ao tratamento sempre. Ninguém sabe tudo a ponto de não precisar de um líder que o ensine. Seja humilde, somente um líder humilde se permite ser tratado. Deixe que o Espírito Santo governe a sua vida para que você se torne um modelo nesta visão. Agindo assim você será o líder mais ungido da terra. Você, sua família, os discípulos, todos verão que a excelência de Deus está em sua vida e que você é alguém transformado por Deus em todos os aspectos porque é um líder aberto ao tratamento. De você sairão milhares e centenas de milhares de líderes na semelhança de Cristo Jesus. Amém!