HOME / COM a Gente / Estudo das Células / Voltando para Deus

Voltando para Deus

CASA DE ORAÇÃO MUNDIAL
“2017 – ANO DO AMOR”
Célula de Multiplicação – 16.04.2017
Tema: “Voltando para Deus”
Texto:    Oséias 14:1-2

 “Há um caminho que o ao homem parece direito, mas o fim dele conduz a morte” (Pv. 14:12).

INTRODUÇÃO

Existem muitos caminhos na vida, mas nem todos levam a Deus. Muitas vezes, quando uma pessoa escolhe um caminho, ela pensa que está na rota certa, mas o fim revela o contrário. Houve um investimento de tempo e esforço. Por isso, hoje muitas pessoas no mundo estão cansadas, desistidas e enganadas.

1.   O CONVITE DE DEUS

Deus é o Senhor Todo Poderoso. Ele conhece todas as coisas e está presente em todo lugar. Não há outra pessoa que possa contribuir com a felicidade do homem mais do que Deus. Não só por Ele ser o Criador, mas também por ser o mais interessado em nos ajudar, porque Ele nos ama e não desiste de nós! Ele faz o convite para você voltar para Ele. Está escrito: “todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho…” (Is. 53:6). A chamada é “Volta, ó Israel, para o Senhor teu Deus”. Não foi Deus que se afastou do homem, mas o homem de Deus. Deus está disposto a reatar o relacionamento quebrado. Este convite já foi feito muitas vezes. Em toda a Bíblia Deus está chamando o homem a voltar-se para Ele: “Voltai para mim, diz o Senhor dos Exércitos, e eu voltarei para vós.” (Zc 1:3). O pecado é fruto de uma má escolha. Quando o homem peca, fazendo algo que o prejudicará de

alguma maneira, é porque ele decidiu andar por esta rota (Rm 6:23). Porém, assim como o homem pode escolher a morte, ele pode também decidir pela vida.  A vida está em Deus!

2. COMO VOLTAR PARA DEUS

“Tomai convosco palavras e convertei-vos ao Senhor.” O que significa isto? Que palavras são essa de que fala o profeta Oséias? São as palavras de confissão. Quando alguém confessa seu pecado a Deus, está assumindo a responsabilidade do erro. È justamente o que Deus espera de nós. Ele deseja que sejamos sinceros e verdadeiros. Se errarmos, não vamos culpar os outros nem tão pouco esconder os fatos. Vamos admitir.

Ao confessarmos nossos pecados, Deus entra em ação para nos perdoar. Sabendo que nenhum homem tem o poder para pecar e manter-se com vida. Deus, através da nossa confissão, remove a condenação do pecado. Só Deus tem o poder para isto! A Bíblia diz: “o que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia” (Pv. 28:13). O que devemos fazer? Confessar os nossos pecados para Deus. Confissão é benção! Existe, também, outra confissão que é necessário fazer: Confessar que Jesus é o Senhor e Salvador das nossas almas!

CONCLUSÃO

Após voltarmos para Deus, devemos oferecer sacrifícios de louvor por causa do seu grande amor por nós. Ele nos perdoou e nos aceitou. “Pois estávamos desgarrados como ovelhas, mas agora voltastes ao Pastor e Bispo das vossas almas” (1 Pe. 2.25).