HOME / COM a Gente / Estudo das Células / Vencendo o Inimigo

Vencendo o Inimigo

PRIMEIRA IGREJA BATISTA DO BRASIL

“2019 – ANO DO DERRAMAR DO ESPÍRITO”

Célula de Multiplicação –  15.09.2019

Tema: Vencendo o Inimigo

Texto:   Mateus 4:1-11

 

INTRODUÇÃO

A tentação é a apresentação do mal para aquele que decidiu andar nos caminhos retos de Deus e que fez uma aliança com Jesus. É uma oportunidade que o inimigo apresenta para que a pessoa venha escolher um prazer temporário que a levará ao pecado e ao afastamento da Presença de Deus e do Seu Propósito.

 

1.    COMO SATANÁS PODE TENTAR

Durante o decorrer da sua vida, uma pessoa pode experimentar muitas tentações. Por exemplo, pode sentir-se atraída pelas correntes da luxúria com tendência à imoralidade, dando lugar às obras da carne (Gálatas 5:19-21) ou ser tentada, através de convites, para experimentar drogas ou álcool, como escape dos problemas que estão enfrentando. Homens de negócio são tentados a destorcer a verdade sonegando impostos ou embolsar valores indevidamente. Pessoas casadas são tentadas a se atirarem em aventuras que as conduz à traição, deixando de lado o companheiro (a) da sua aliança. Discípulos considerados fiéis são tentados a dar as costas para seus pastores e líderes, porque, flechados pelo inimigo, abrigam algum sentimento contrário em seus corações.

2.    COMO RESISTIR AO DIABO

A Palavra de Deus nos diz: “sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramindo como leão, buscando a quem possa tragar, ao qual resistis firme na fé.” (1Pedro 5:8-9). A intenção do diabo é matar, roubar e destruir (João 10:10) e, quando ele se apresenta com as ofertas do pecado, é para se deliciar vendo aquele que cedeu à sua tentação, preso de tal forma nas cordas do pecado para ser conduzido à morte. Nessa hora, ele se ausenta e fica de fora, porque a pessoa já se encontra no seu domínio e distante de Deus. Só mesmo através do arrependimento, da confissão e do perdão de Deus é que pode tornar-se livre para voltar à presença e à comunhão com o Senhor. A Palavra de Deus nos adverte: “sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”. (Tiago 4:7). Usando a Palavra de Deus, Jesus resistiu ao diabo quando foi por ele tentado, no deserto, a fim de que fosse atraído pela glória dos reinos do mundo. Assim disse Jesus: “Vai-te satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e a só a ele servirás” (Lucas 4:8).


CONCLUSÃO

Ao sermos tentados pelo inimigo, podemos olhar para o exemplo de Jesus e vencê-lo com a espada do Espírito que é a Palavra de Deus. Devemos nos encher da Palavra e ordená-lo a se retirar, em nome de Jesus, da nossa vida. Dessa forma, venceremos a tentação. Somos mais que vencedores por Cristo Jesus.