HOME / COM a Gente / Estudo das Células / O Testemunho da Nossa Fé

O Testemunho da Nossa Fé

PRIMEIRA IGREJA BATISTA DO BRASIL

“2017 – ANO DO AMOR”

Célula de Multiplicação – 13.08.2017

Tema: “O Testemunho da Nossa Fé”

Texto:  Hb 11.1-2

INTRODUÇÃO

Nosso testemunho de vida demonstra o nível da nossa fé. Precisamos mostrar, com ações concretas, a fé que possuímos em Deus.

Esta é a melhor forma de resgatarmos pessoas para Jesus. Nosso testemunho de vida, visto pelo mundo, poderá se transformar em uma eficaz pregação do Evangelho. Então todos poderão ver que nossa vida está colocada nas mãos do Senhor, e que a nossa fé n’Ele está firmada.

1.   A FÉ PRODUZ TESTEMUNHO

Com nossa fé, testemunhada através do nosso estilo de vida santificado, podemos evangelizar e trazer vidas para o reino de Deus.

A Bíblia diz que pela fé “os antigos alcançaram bom testemunho.” (Hb 11.2). Isto significa que as suas condutas, ações, feitos e bravura, servem hoje de exemplo para todos nós. Eles se doaram por completo e, muitas vezes, renunciaram seus próprios sonhos, para que se cumprisse o propósito de Deus. Os seus testemunhos, mesmo depois de mortos, ainda falam (Hb 11.4b). Por isso eles são lembrados e imitados.

2.  A FÉ PRODUZ FRUTOS

Os frutos justificam a nossa fé em Deus. São nas pequenas obras, atitudes e ações, que mostramos nosso nível de fé. Não podemos simplesmente dizer que temos fé se, com as nossas ações, não produzimos bons frutos.. Fé sem obras é como uma árvore sem frutos: “Meus irmãos, que aproveita se alguém disser que tem fé, e não tiver as obras? Porventura a fé pode salvá-lo?” (Tg 2.14). 

Então, concluímos que as obras estão atreladas à fé, e que a fé sem obras é morta. As obras não nos leva à salvação, mas com elas mostramos que a nossa fé é viva e verdadeira – “Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras. Mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.” (Tg 2.18). Isto é, a fé deve ser traduzida em algo prático e sólido. Não basta sabermos que a fé pode mover montanhas, precisamos convertê-la em ação. Podemos ter um bom e potente carro, mas se ele não funciona, de nada adianta tê-lo.

3.   A FÉ PRODUZ SOLIDARIEDADE

A fé se completa no amor. Um ato de solidariedade com o nosso irmão na fé, ou mesmo com o nosso próximo, é exemplo disso.

Como podemos dizer que somos uma pessoa de fé se somos incapazes de ajudar um necessitado? Precisamos rever nossos atos e vivermos a Palavra de Deus, pois  a verdadeira fé encontra-se nela. É ela que nos alimenta, fortalece o nosso espírito e nos conduz à vida eterna. Esta é a maior dádiva da fé.

Assim como o nosso testemunho é luz para o mundo, a fé é luz para a nossa vida, nos ajudando a ver nossa realidade e as necessidades daqueles que estão à nossa volta, dando-nos, assim, o discernimento para tomar decisões corretas.

CONCLUSÃO

A fé não pode estar distante da prática. A Palavra nos diz: “sejam cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.” (Tg 1.22). Haverá sempre em nossas vidas momentos em que seremos chamados para testemunhar a nossa fé. Que seja a nossa vida um testemunho da fé que professamos, e que venhamos sempre expressá-la diante das situações que o mundo nos apresenta.