HOME / COM a Gente / Estudo das Células / O Incomparável Amor de Deus

O Incomparável Amor de Deus

CASA DE ORAÇÃO MUNDIAL
“2017 – ANO DO AMOR”
Célula de Multiplicação – 22.01.2017
Tema: “O Incomparável Amor de Deus”
Texto:    Efésios 3:17-19  

INTRODUÇÃO

Muitas vezes, nossa religiosidade é fruto de medos, desejos ou trocas. Muitos temem a Deus, mas não o amam nem reconhecem o Seu amor. Outros têm, em Deus, uma fonte que realiza seus desejos, mas também não o amam e nem compreendem o Seu amor. Quantas vezes somos conduzidos e exortados a nos render a Deus e ao Seu propósito e planos? À medida que nos aproximamos mais e mais de Deus através da oração e da Sua Palavra, passamos a conhecê-lo mais e, assim, recebemos da Sua natureza e do Seu caráter Santo e por isso o amamos cada vez mais (Oséias 6:3).

1.  O AMOR DE DEUS POR NÓS

O amor de Deus por nós é verdadeiro (Rm 5:8). Não esconde segundas intenções, nem age com hipocrisia. É sempre sincero e honesto. Você poderia encontrar alguém que lhe ama assim? Pois o nosso Deus é assim: Ele nos ama e está sempre pronto a nos acolher. Podemos contar com Ele a qualquer momento e em qualquer circunstância, mesmo quando estamos certos ou não. Contanto que O busquemos, Ele está sempre conosco para nos guiar, nos ajudar e a nos levantar nas nossas fraquezas. A mulher apanhada em adultério é um exemplo disso. Ela errou, descumpriu a lei (não adulterarás – Ex. 20:14) e, segundo a lei, deveria ser apedrejada. Mas Jesus Se colocou ao lado dela e deu-lhe a chance de se reerguer (Jo 8:10-11). Deus enviou o Seu Filho Jesus Cristo para morrer por nós na Cruz do Calvário para que não fossemos destruídos (Jo.3:16), mas  purificados de nossos pecados pelo Seu precioso sangue. Nós amamos a Deus, porque Ele nos amou primeiro (1Jo.4:19).

2.   DEUS NUNCA DESISTE DE NÓS

O amor de Deus por nós é tão grande que Ele entregou o Seu único Filho para  sofrer por nós na cruz até o último segundo de sua vida,  derramando a última gota de sangue. Portanto, cada vez mais, procuremos agradar e temer ao Senhor, reconhecendo nossas falhas (1Jo 1:9) e esperar no Seu amor e misericórdia (Sl.147:11). Por isso, quando vier à nossa mente pensamentos contrários para tentar nos desanimar ou desistir, precisamos lembrar que Deus é Fiel para nos sustentar e guardar (Sl. 121:7) e que Ele nunca desiste de nós, pois o seu amor é incomparável e sem fim para com nossas vidas. Jesus não negociou Seu compromisso de servir ao Pai. Ele não veio ao mundo para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos (Mt. 20:28). Nenhuma necessidade, nenhuma condição espetacular e nenhuma glória o seduziu. Jesus nos amou de tal maneira que não desistiu de ir à Cruz, renunciando a Si mesmo por nossa causa.

 

CONCLUSÃO

O amor de Deus nos constrange e nos inspira a cumprir a nossa missão, falando d’Ele para as pessoas, conduzindo-as ao Seu Reino. Esse tão grande amor faz brotar, em nosso coração, o desejo de amá-lo cada vez mais. O Maior mandamento é amar a Deus de todo o nosso coração, de toda nossa alma e de todas as nossas forças, Quando amamos a Deus, também amamos nosso próximo, esposas, filhos. O coração de Deus muitas vezes se entristece, porque muitos de seus filhos não demostram amor por Ele, através das suas atitudes. Deus é amor e quem ama a Deus expressa amor.