HOME / COM a Gente / Estudo das Células / As Chaves da Revelação – Parte 2

As Chaves da Revelação – Parte 2

CASA DE ORAÇÃO MUNDIAL
“2017 – ANO DO AMOR”
Célula de Multiplicação – 15.01.2017
Tema: “AS CHAVES DA REVELAÇÃO” – Parte 2
Texto:    Mat. 16:21-23  

INTRODUÇÃO

A Bíblia nos ensina que “sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida” (Pv. 4:23). Coração fala de alma, sentimentos e da mente. A mente constitui o campo de batalha do inimigo, onde são travadas as guerras espirituais. Pedro tornou-se alvo de satanás, porque ele tinha as chaves para fechar as portas do inimigo. Hoje, também, Deus nos entrega chaves para com elas fecharmos as portas por onde o destruidor possa nos atacar com seus dardos inflamados. Muitas vezes agimos assim como Pedro, alvo do maligno que trabalha para desfazer os decretos que Deus liberou sobre nossas vidas. Precisamos vigiar e abrir os nossos olhos para não sermos surpreendidos pelas astutas ciladas do diabo. Tomar o capacete da salvação que protege a nossa mente contra as investidas do inimigo.

1.  O QUE ACONTECEU COM A REVELAÇÃO 

Revelação não é pensamento. Pensamento se cria, revelação se recebe. Depois da revelação que Pedro recebeu de Deus (“tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja…”), a sua mente recebeu uma visitação estranha que o colocou debaixo da influência do opositor da revelação: satanás (Mat. 16:22-23). Aquele que tinha a revelação, agora está sem entendimento. O inimigo achou lugar em Pedro. Esta era a sua meta desde o princípio. Ele sempre quer desfazer os decretos e as promessas que Deus libera sobre nós. Pedro permitiu sua mente ser atingida e seus pensamentos serem comprometidos pelos intentos de satanás cujo objetivo era peneirá-lo como trigo (Lc. 22:31-32). Como fica o trigo  na peneira? De lá pra cá, sendo jogado de um lado para outro, sem direção. Dessa forma Satanás queria fazer com Pedro.

2.   PROTEGENDO NOSSOS PENSAMENTOS

Pedro deixou de ter a compreensão de Deus para ter a de homens. Precisamos proteger nossa mente contra os pensamentos desordenados e resistentes à revelação que Deus está dando à sua igreja, a fim de cumprir as suas promessas. Pedro voltou a ser Simão por causa dos seus pensamentos. Esta é a estratégia do inimigo: capturar seus pensamentos, fazendo-os ficarem confusos, resistentes, e oponentes à obra de Deus. A situação ficou tão grave na mente de Pedro, que Jesus disse: “quando te converteres fortaleça teus irmãos” (Lc.22:32). Só quem tem pensamentos convertidos pode fortalecer seu irmão porque, se não for assim, vai contaminar e ficar enfraquecido pelos pensamentos de resistência. Tire a sua mente da peneira de satanás e permita que ela seja transformada para que possa experimentar a agradável e perfeita vontade de Deus  (Rm. 12:2). 

CONCLUSÃO

Satanás significa aquele que se opõe e resiste. Ele resiste e combate contra os planos de Deus. Mas Deus nos levantou como “Pedros” (pedaços de uma pedra maior) para recebermos as chaves do céu e não como “Simãos” (cana), que fica a mercê dos ventos e é levado de uma parte para outra. Jesus é a nossa Rocha. Firmados n’Ele jamais seremos confundidos nem abalados.